6 de julho de 2014

Especial: Notas no MyAnimeList dos animes da temporada de Primavera 2014



O destino da humanidade nas mãos de um inteligente e antissocial casal de irmãos aficionados por todo tipo de jogo, seja ele virtual, de tabuleiro ou de cartas. De tons saturados, várias calcinhas e decotes à mostra, pseudo-incesto em abundância e estratégias absurdamente engenhosas em jogos estupidamente atraentes, “No Game No Life”, anime baseado na light novel do brasileiro Yuu Kamiya, conquistou o público por uma série de razões, seja o motivo disso para alguns o seu fanservice honesto, para outros o humor afiado e metalinguístico e para terceiros as várias reviravoltas deliciosamente forçadas, obtendo assim a maior nota do MyAnimeList entre as animações finalizadas nessa temporada de primavera - se bem que, para quem ousa enfrentar até deuses, tal façanha não deveria ser muito difícil para esses dois irmãos...


Só que, na verdade, essa vitória foi por pouco, visto que ao mesmo tempo houve a sequência do suave, reflexivo e melancólico “Mushishi”, anime de ambientação e ritmo abissalmente adversos – oras, para se ter uma ideia, no último episódio apareceu somente o protagonista Ginko e ninguém mais, encarando um novo problema causado por sua capacidade em enxergar “mushis”, e em dados momentos o silêncio e calmaria eram totais, quase incômodos de tão densos. A até aqui mais bem sucedida adaptação de uma light novel através do estúdio Madhouse apenas pegou a primeira posição porque foi considerado, como critério de desempate, o número de usuários que lhe deram nota, mais de 60 mil a “No Game No Life” ante os poucos 9 mil de “Mushishi”. Fechando os cinco primeiros vêm 3 animações com temas esportivos (okay, para um deles isso soa meio estranho, mas enfim), nesse caso as partidas insanas de ping-pong dos excêntricos jogadores de “Ping Pong The Animation” (3º), os rachas de “Initial D Final Stage” (4º) e as corridas de ciclismo em “Yowamushi Pedal” (5º). Abrangendo o TOP 10 o romance toma conta, desde o harém de “Nisekoi” (6º) ao martírio do rapaz protagonista de “Bokura wa Minna Kawaisou” (7º) por gostar de uma menina tão fechada, e nesse bolo posso até colocar, com algumas ressalvas, a doce amizade quase romance do casal de “Isshuukan Friends” (10º) – o drama espacial “Sidonia no Kishi” (8º) e o hit estrondoso “Love Live! 2nd Season” (9º) são os outros integrantes da parte de cima do ranking.


Entre mais uma derrapada do Gonzo (“Blade & Soul”, 33º), a adaptação horrorosa de “Gokukou no Brynhildr” (23º) e grupos de meninas tanto fazendo coisas fofas em “Gochuumon wa usagi Desu ka?” (14º), quanto apostando a vida lutando com cartas em “Selector Infected WIXOSS” (19º), a temporada de primavera encerrou 41 animes que, juntos, dariam 6 dias de exibição ininterrupta, números modestos perto dos 70 finalizados (e 21 dias de material!) três meses atrás, durante o inverno. Se “Yowamushi Pedal” lhe custaria quase 13 horas para vê-lo, o sci-fi policial "Master of Torque" (##) por outro lado, duraria curtos 20 minutos para se assistir do início ao fim.

Cada título tem um link que leva à sua respectiva página no MyAnimeList. E, como de costume, em breve o webmaster Bebop postará a sua visão a respeito dos melhores animes da temporada que acabou.




**********


Anime (Episódios) (Estúdio) - Nota:


 No Game No Life (12) (Madhouse) - 8,84








 Mushishi Zoku Shou (10) (Artland) - 8,84








 Ping Pong The Animation (11) (Tatsunoko Productions) - 8,65








 Initial D Final Stage (4) (SynergySP) - 8,29








 Yowamushi Pedal (38) (TMS Entertainment) - 8,23








 Nisekoi (20) (Shaft) - 8,17

 Bokura wa Minna Kawaisou (12) (Brains Base) - 8,11

 Sidonia no Kishi (12) (Polygon Pictures) - 8,11

 Love Live! School Idol Project 2nd Season (13) (Sunrise) - 8,07

10º Isshuukan Friends (12) (Brains Base) - 7,93

11º Soredemo Sekai wa Utsukushii (12) (Studio Pierrot) - 7,78
12º Black Bullet (13) (Kinema Citrus) - 7,67
13º Hitsugi no Chaika (12) (Bones) - 7,65
14º Date A Live II (10) (AIC Plus+) - 7,57
15º Gochuumon wa Usagi Desu ka? (12) (White Fox) - 7,57
16º Break Blade (TV) (12) (Production I.G) - 7,55
17º Ryuugajou Nanana no Maizoukin (TV) (11) (A-1 Pictures) - 7,47
18º Mangaka-san to Assistant-san to The Animation (12) (Zexcs) - 7,46
19º Selector Infected WIXOSS (12) (J.C. Staff) - 7,46
20º Mekakucity Actors (11) (Shaft) - 7,38
21º Puchimas!!: Petit Petit iDOLM@STER (74) (Gathering) - 7,31
22º Kamigami no Asobi (12) (Brains Base) - 7,30
23º Gokukoku no Brynhildr (13) (Arms) - 7,17
24º Nobunaga the Fool (24) (Satelight) - 7,00
25º Akuma no Riddle (12) (Diomedea) - 6,96
26º Soul Eater NOT! (12) (Bones) - 6,83
27º Gakumon!: Ookami Shoujo wa Kujikenai (2) (?) - 6,81
28º Seikoku no Dragonar (12) (C-Station) - 6,79
29º Inugami-san to Nekoyama-san (12) (Seven) - 6,73
30º Kanojo ga Flag wo Oraretara (13) (Hoods Entertainment) - 6,70
31º Escha & Logy no Atelier: Tasogare no Sora no Renkinjutsushi (12) (Studio Gokumi) - 6,61
32º Kenzen Robo Daimidaler (12) (TNK) - 6,48
33º Blade & Soul (13) (Gonzo) - 6,41
34º Kiniro no Corda: Blue♪Sky (12) (TYO Animations) - 6,41
35º World Fool News (TV) (12) (CoMix Wave) - 6,20
36º Fuuun Ishin Dai☆Shogun (12) (J.C. Staff) - 5,90
37º Kantoku Fuyuki Todoki (13) (DLE) - 5,73


Notas retiradas no dia 06/07.

Fora do ranking (Geralmente séries excluídas por não atingirem o número mínimo (50) de usuários exigido no MyAnimeList para validar suas notas) :

## Pretty Rhythm: All Star Selection (11) (Tatsunoko Productions) - Poucos usuários (36) o avaliaram.
## Meshimase Lodoss-tou Senki: Sorette Oishii no? (13) (Studio Deen / DAX Production) - Poucos usuários (34) o avaliaram.
## Ghost in the Shell: Nyuumon Arise (26) (Production I.G) - Poucos usuários (18) o avaliaram.
## Master of Torque (4) (?) - Poucos usuários (15) o avaliaram.


Primavera ou verão?: Posso ter listado "Initial D Final Stage" (4º) no guia da temporada de verão desse ano, porém ele, na verdade, começou e terminou na segunda metade da temporada de primavera. Já expliquei por lá como farei em postagens futuras para não haver mais essas discordâncias.



Animes Curtos: Segue abaixo a relação deles:

18º Mangaka-san to Assistant-san to The Animation (13 min. por episódio)
21º Puchimas!!: Petit Petit iDOLM@STER (2 min. por episódio)
27º Gakumon!: Ookami Shoujo wa Kujikenai (9 min. por episódio)
29º Inugami-san to Nekoyama-san (3 min. por episódio)
35º World Fool News (TV) (10 min. por episódio)
37º Kantoku Fuyuki Todoki (3 min. por episódio)
## Meshimase Lodoss-tou Senki: Sorette Oishii no? (2 min. por episódio)
## Ghost in the Shell: Nyuumon Arise (4 min. por episódio)
## Master of Torque (5 min. por episódio)



Mandou bem...


/\ Hitsugi no Chaika (13º)

Chaika? Sim, Chaika. Chaika. A nova adaptação de uma obra do conhecido Sakaki Ichirou é bobinha e previsível, mas isso não diminui o fato de possuir uma personagem principal de sobrancelhas imensas tão adorável e uma comédia bem dosada com ação e suspense. Narrando uma descompromissada história de fantasia que não se levava a sério demais, e carregado de pequenos diálogos engraçadinhos, "Hitsugi no Chaika" teve nota estável durante o tempo inteiro, nunca ficando muito acima ou abaixo de 7.50 e no fim fechando em 7.65, o que considero razoável para um anime desse tipo, não havendo assim superestimação ou o oposto. 

A segunda temporada já está confirmada para outubro ainda desse ano.



Mandou mal...

\/ Gokukoku no Brynhildr (23º)

Não é só questão de ter extinguido boa parte do clima mais sombrio e taciturno da fonte, que já não é lá essas coisas; o tecnicamente pobre anime de “Gokukoku no Brynhildr”, com sua direção indiferente, teve a capacidade de no geral conseguir intensificar a influência dos defeitos do material de origem e minimizar os pontos positivos que esse possuía, dentre eles o desenvolvimento de certos personagens. Li o mangá de 15 animes finalizados nessa temporada, e, independente da qualidade do material de cada um ("Akuma no Riddle” seria o pior com folga), certamente “Gokukoku” foi de longe o que menos soube adaptar seu mangá - e tal falha se refletiu na nota da comunidade, que beirava os 8 no começo, mas quase não se manteve na casa dos 7 após o frustrante final. ARMS, por favor, volte com os animes de lutas entre garotas seminuas, isso sim você faz melhor do que qualquer um! (bem, não é lá um atributo muito bom de se orgulhar, mas enfim...)




O post dessa temporada foi propositadamente menor do que o normal, e a razão disso é porque eu quero realizar algumas mudanças nas postagens futuras, pois o estilo atual já não tem me agradado tanto. Não serão assim alterações tão bruscas, apenas talvez uma tentativa de fazer algo dinâmico e ainda mais pessoal. Qualquer sugestão, aliás, será muito bem-vinda.




*****

Meus perfis:


Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. No MAL Mushishi está uma posição acima de No Game No Life.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas pode aparecer o oposto, lá é aleatório, animes com notas iguais ficam trocando de posições entre si com o tempo. Aqui decidi usar o número de usuários que viram cada um como critério de desempate.

      Excluir
  2. Quais as chances de uma 2ª temporada de NGNL?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for depender apenas dos números quanto a venda de BD/DVD, as chances seriam altas; o volume 1 vendeu quase 9 mil cópias na primeira semana, o que é já muito bom e na maioria dos casos garante uma sequência ou, ao menos, novas adaptações em outros formatos que não série de TV. E em relação a material para adaptar, foram usados 3 volumes da light novel nesses 12 episódios, de 6 que há atualmente, então daria pra fazer tranquilo uma segunda temporada com o mesmo tamanho.

      Excluir
  3. Legal, espero que não demore muito. E a LN tem previsão de término? Só por esses 12 epis. dá pra perceber que tem muita história pra ser contada. Ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, perdão pela demora.

      Olha, Sr. Anônimo, aí eu não sei =p. Li apenas até o volume 3 mesmo, e por ora não pretendo ver mais do que isso - já não gosto muito do formato de light novels, e também não quero pegar spoils. Se o anime não passar disso, daí eu volto a lê-la.

      Excluir
  4. Dos 5 primeiros só o Initial D não assisti. Os outros são sensacionais, com o merecido destaque para os três primeiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Initial D" é bem famoso (eu mesmo o conheci através de animes de paródia que satirizavam as corridas em CG tosco das primeiras animações), porém nunca o vi por conta do tamanho; essa aí foi a sexta e última temporada - mas 5 foram em séries de TV, enquanto que "Initial D Third Stage" foi na verdade um filme interligando uma temporada e outra.

      E até o mangá já acabou, no ano passado, com 43 volumes, contudo ainda vão começar a lançar a partir de agosto uma trilogia de filmes...

      Excluir
  5. Cara suas postagens sobre a temporada sempre são muito boas, sempre passo aqui pra dar uma olhada
    Obrigado pelo esforço, continue assim....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [2]
      No aguardo do TOP da temporada!!

      Excluir

Copyright © 2016 Animecote , Todos os direitos reservados.
Design por INS